quinta-feira, 21 de julho de 2011

Amanhã...

Sinto-me perdida... deslocada.
Não consigo dormir...
Mas, também não quero sair da cama.
Quero estar num quarto escuro
Sem ver ninguém.
Perdida do mundo,
Desaparecida no tempo.
Há dias em que baixo a minha guarda,
Há dias em que não consigo dar a volta por cima...
Ainda assim, tento não chorar.
Mas, sei lá...
Se calhar fazia-me bem.
A culpa deve ser do sol de Julho
Que teima em não ficar!
Ou então da vida que não ata nem desata!
Seja lá o que for,
Hoje estou assim.
Amanhã é outro dia....

4 comentários:

lilisinha disse...

Oi querida!!!
obrigado pela tua amizade(virtual), mas tão linda! alimenta todo dia minha alma com palavras, doces, esperança, amor, alegria ou tristeza, Ou melancólica como o poema acima!
Amo tudo isso, essas palavras mágicas que se transformam em lindos poemas!
Bjos Carinhosos

Susanna Rush disse...

Oi Lili!! Eu é que agradeço todo o carinho que sempre me deu e a sua amizade tão. Os meus textos,poemas mostram estados de espirito, vivências,que no fundo são comuns a toda a gente numa ou outra fase da nossa vida. E esta é a minha forma de expressão. Por isso é que o meu blog se chama "muito mais é o que nos une...que aqulio que nos separa". Podemos estar em qualquer parte do mundo, e sabemos que do lado oposto há quem esteja a ter a mesma experiência.
Fico deveras feliz por você me acompanhar e por eu ter um cantinho no seu dia a dia.
Beijo grande do fundo do coração.

Porque um dia me perdi... disse...

confessa que hoje ja fiz o teu dia um cadinho mais alegre?

Susanna Rush disse...

ALEGRE?? Para lá de espetacular! Vou usá-los todos dos dias! Amei, amei, amei! Obrigado por pensares em mim...
tás dentro do meu coração.