domingo, 30 de outubro de 2011

Once upon a time...

Era uma vez uma menina que cresceu e se tornou uma mulher. A menina que bem cedo, deixou de acreditar em contos de fadas e histórias de príncipes e princesas que terminam em happily ever after. Sei que a vida é feita de dificuldades, e que o amor ajuda a ultrapassar os obstáculos mais dificeis, e que mantêm as peças do puzzle no lugar. Sou a mulher que acredita num amor real, que está presente, e que se fortalece nos bons e maus momentos. Mas ainda assim, sou a menina que erra, que é ingénua, teimosa, que não desiste de seus sonhos e ideais... e que diz o que pensa em alto e bom som.
A vida que me transformou mulher, que me mostrou barreiras e me ajudou a ultrapassá-las, que me ensina um dia de cada vez, continua a dizer-me que there is no such thing as enchanted stories...
Simplesmente mulher... francamente menina...
A diferença entre mim e a cinderela?
É que meu encanto não acaba a meia noite!


7 comentários:

Porque um dia me perdi... disse...

Oh Su...tao bonito....tao verdade...

Adoro-te minha Cinde fucking rela...lol

Quanto a mim....acho que perdi todo o encanto ...estou igualzinha à abobora

Susanna Rush disse...

lol :)))

Vejo-te antes como se estivesses dentro do casulo á espera para te transformares na mais bela das borboletas.

Se bem que como abóbora estavas bem para o Halloween...

amotusu

Porque um dia me perdi... disse...

Tens sempre uma visao florida das coisas....obrigado por ontem...por hoje POR SEMPRE

João disse...

Lamechices! :) quem quer broas? :)

Susanna Rush disse...

Prefiro pão de centeio

João disse...

Tenho com sementes! :)

Susanna Rush disse...

Prefiro o original... obrigado...