segunda-feira, 30 de abril de 2012

domingo, 29 de abril de 2012

sábado, 28 de abril de 2012

Eu quero acordar assim...

A nossa vida é uma tela...


Eu tenho três... gatos, que em nada são iguais...

Pelos móveis, pelo chão...
Ronronando com plena
Felina satisfação.
Eis, os gatos.
Tomam conta de tudo!
Contaminam
O ambiente com carinho,
Pelos (!) e sofisticação.
De raça, ou de rua,
São seres da madrugada.
Sinistros ou fofinhos
Longilíneos ou pequeninos...
São os gatos passeando
Pela casa...

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Mas, é preciso paciência...

A idiotice coloca-se na primeira fila para ser vista... a inteligência coloca-se na retaguarda para ver.

Idiotice a quanto obrigas!

O maior prazer de uma mulher inteligente, é fazer-se de idiota perante o idiota que se tenta passar por inteligente.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Dia da Terra

É possível fazer algo para salvar a nossa Terra. Vamos fazer deste dia, uma consciência diária de que só depende de nós... a mudança.

domingo, 22 de abril de 2012

Há dias assim...

sábado, 21 de abril de 2012

Pequena Menina

          Menina pequena
        Cheia de sonhos, de vontades,
        De sorrisos sinceros
        E fragilidades…
        Tão menina, tão pequena,
        Pedra preciosa por lapidar.
        Inocente, sincera, tão bela,
        Qual princesa de encantar.
        Hoje, Branca de Neve,
        Amanhã, Cinderela,
        Vai onde o sonho te leve,
        Pequena menina singela.

        Susanna Rush

sexta-feira, 20 de abril de 2012

The road is long...

Eu.... e a minha Sofia!




E depois... ainda acho piada!!

quinta-feira, 19 de abril de 2012

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Antero de Quental


Noturno
Espírito que passas, quando o vento
Adormece no mar e surge a Lua,
Filho esquivo da noite que flutua,
Tu só entendes bem o meu tormento...
Como um canto longínquo - triste e lento-
Que voga e sutilmente se insinua,
Sobre o meu coração que tumultua,
Tu vestes pouco a pouco o esquecimento...
A ti confio o sonho em que me leva
Um instinto de luz, rompendo a treva,
Buscando. entre visões, o eterno Bem.
E tu entendes o meu mal sem nome,
A febre de Ideal, que me consome,
Tu só, Gênio da Noite, e mais ninguém!

terça-feira, 17 de abril de 2012

sexta-feira, 13 de abril de 2012

quinta-feira, 12 de abril de 2012

quarta-feira, 11 de abril de 2012

E o final do dia foi assim

Hoje consolei-me de gastar dinheiro! Fui a uma urgência hospitalar ao serviço de oftalmologia. Pois fui atendida com pulseirinha verde (que é para lhes dar tempo de tomar um cafézito e dar duas de letra) e depois lá entrei. A srª Doutora (muito simpática), diz-me que tenho uma infeção na córnea. Pois passou-me uma carrada de gotas e pomadas para pôr, e disse-me:" se não melhorar ou se piorar, venha cá outra vez". Até aqui tudo bem. Chego ao balcão de atendimento e diz a senhora: "são 20€". E pensei eu: "já levaste uma facada"! E pensei imediatamente no que a médica me tinha dito: " ....venha cá outra vez". (Se for preciso vai ser mais uma facada dolorosa). Dirijo-me então à farmácia para aviar as receitas. Diz a senhora da farmácia: " este e este não são comparticipados". E eu pensei: " já foste!". O total foi de 25€. Mas então os medicamentos para os olhos são luxo? Mas que raio!!
Portanto, contas feitas 45€ do dinheiro que me faz falta para pagar a luz, a àgua e afins. Mais vale tirarem-os de vez a camisola! Que país triste!

Juntas... sempre!


Somos duas almas que caminham juntas.
Juntas estamos.
Sonhamos os sonhos da vida.
Partilhamos pensamentos.
Falámos no estar cá e na partida,
No sossego da alma.
Juntas estamos mãe.
Com um amor guardado, cravado bem no fundo.
Com lembranças do que foi e já não é.
Do que poderia ter sido,
E do que vai ser.
Recordamos tempos antigos,
Dias bem passados.
Os dias mais dificeis.
Mas o tempo avança.
Os dias não param.
Se um dia não nos virmos mais aqui,
Fico com a esperança, de um dia te abraçar de novo Mãe.

Susanna Rush

terça-feira, 10 de abril de 2012

domingo, 8 de abril de 2012

Páscoa Feliz

sábado, 7 de abril de 2012

Desafio # dia 28

Pessoa (ainda não tinha publicado)
A minha avó materna. Sinto que ela me protege e está sempre a meu lado com o seu espirito de "mãe galinha". Tenho pena de não a ter conhecido melhor, pois deixou-nos era eu muito novinha. Foi uma mulher de armas, que enfrentou muitas dificuldades, e é um exemplo de vida para mim. Recordo-a com carinho e desejo um dia reencontrá-la para lhe dizer: "também gosto muito de ti".


A minha mãe. Sempre fez o melhor que podia para me dar o que eu precisava. Esqueceu-se dela própria, para que eu sempre fosse feliz. Ainda me recebe de braços abertos, ainda fica feliz quando estou bem, ainda chora quando estou triste. Sei que estou nas suas orações, e por tudo o que fez por mim e ainda faz estou muito grata. Sei também que quando um dia for estrela no céu, vai estar sempre a meu lado a proteger-me e a apoiar-me até ao nosso reencontro. Obrigado mãe.

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Nunca fui... mas agora sou

Nunca fui como todos.
Nunca tive muitos amigos.
Nunca fui a favorita.
Nunca fui o que queria.
Nunca fui o que os meus pais queriam para mim.
Nunca tive tudo.
Fui sempre a diferente.
Fui sempre a estranha.
Fui sempre a introvertida fechada no meu mundo.
Fui sempre a minha verdade absoluta.
Fui sempre o pensamento verdadeiro.
Fui sempre o meu conforto em horas de sofrimento.
Agora não estou sozinha.
Agora sou admirada e querida.
Agora sou diferente porque sou melhor.
Agora ainda tenho poucos amigos, mas tenho os que valem a pena.
Ainda não tenho tudo, mas tenho o suficiente.
Agora... sou feliz!

Shiuuuu...


quinta-feira, 5 de abril de 2012

A vida ensina...

Sabedoria

Desafio # dia 31

Saudade

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Desafio # dia 30

Sedução
Quanto mais você acha que é difícil conquistar aquela pessoa mais seduzida você se sente por ela.
Buh Bonfim

terça-feira, 3 de abril de 2012

Desafio # dia 29

Look
Não vejo a hora de substituir os mocassins por sapato de salto alto...

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Não cabe muita gente no meu mundo. Não é porque a porta dele se encontre fechada ou não tenha espaço lá. Pelo contrário, ela está sempre aberta. O problema é que quem não é de verdade passa longe dele. Ou se tenta entrar, não aguenta o ritmo, e desiste. E ainda bem. Aposto mais na qualidade das pessoas, do que na quantidade.  Tenho poucos amigos, mas sei que posso contar sempre com eles. Não só para as futilidades da vida. Mas, para passar por tudo o que o que a vida nos traz. É melhor ter 1 amigo fiel, do que 50 passageiros, com os quais não posso sequer ser o que realmente sou.
Fico agradecida por te ter mana Su.... entraste no meu mundo no momento certo. E fazes a diferença.

Imelda Sitole - adaptado